5 erros mais cometidos nas cerimônias de OKRs



Check-ins, checkpoints, tuning, todas essas cerimônias fazem parte da rotina dos OKRs. A primeira vista podem parecer muitas reuniões. Entretanto, cada uma delas tem papel específico na promoção do alinhamento e da cooperação das equipes, assim como na resposta rápida a mudanças de prioridades.


Contudo, muitas empresas acabam sendo ineficientes na hora de executar essas cerimônias. Horas de reuniões, discussões sem nenhuma resolução, microgerenciamento de entregas, dispersão de prioridades, estresse, cansaço mental. Um grande combo de problemas que enfraquece o engajamento e a adesão dos OKRs.


Como trainer da metodologia OKR, um dos meus grandes desafios é combater esses erros e fortalecer as boas práticas nas empresas. E quais seriam os principais erros?


Erro #1 - Falta de clareza sobre o objetivo da cerimônia.



Toda cerimônia deve começar respondendo a pergunta: “Porque estamos reunidos aqui e qual a definição de sucesso dessa reunião?”

A resposta deve ser uma frase simples, clara e objetiva que irá setar a expectativa de todos e não dispersar o foco da reunião.

Exemplo: O objetivo de uma cerimônia de checkpoint de OKR é compartilhar resultados e sinalizar dificuldades para que elas possam ser endereçadas e tratadas em reuniões específicas de trabalho.

Não é objetivo da reunião discutir e resolver os problemas de cada OKR. Essa é uma cerimônia de compartilhamento e não de resolução de problemas.


Erro #2 - Falta de agenda e controle do tempo


Após a definição do objetivo é imprescindível apresentar a agenda com as pautas a serem discutidas e o tempo previsto para cada uma delas, assim como o tempo para discussão e debate do conteúdo. Essa agenda precisa ser cumprida e respeitada por todos.


Erro #3 - Falta de padrão nas apresentações



As pessoas constroem um modelo mental durante as cerimônias que faça sentido e que facilite a absorção das ideias. Se cada um apresentar e comunicar de forma diferente, essa tarefa se tornará muito mais difícil. É preciso buscar um padrão, seja através de um modelo de PPT, de um formato de email ou de um sistema de OKR.


Erro #4 - Leitura míope dos Key Results (KRs)



As métricas de sucesso (KRs) indicam se estamos atingindo o objetivo, contudo não esclarecem em que condições esse objetivo está sendo alcançado. A correta leitura e interpretação dos resultados deve ser feita em conjunto com as métricas de controle (KPIs). Muitas decisões e avaliações são feitas de forma errada em virtude da miopia dos KRs.


Erro #5 - Inexistência de uma ata com os acordos e próximos passos


Apesar das cerimônias de OKRs não terem como objetivo a resolução de problemas, os mesmos precisam ser endereçados e tratados. Esse endereçamento é feito durante a reunião indicando os membros da equipe que ficarão responsáveis por coordenar um plano de ação. Esses combinados precisam ser registrados em ata para posterior acompanhamento.


E você, consegue identificar algum desses erros nas suas cerimônias de OKRs?


#okrs #cerimonias


Quer aprender mais sobre a metodologia OKR e os fatores que impulsionam o seu sucesso?

Conheça o curso Estratégia e Planejamento Pré-OKR: construindo as bases da gestão ágil.




61 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo